segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Coisas que eu ouvo por aí...

Estava aguardando pacientemente meu transporte ferroviário coletivo, enquanto atento-me para as sábias palavras proferidas por um homem senil, com a cútis já prejudicada pela ação dos anos: [mode SIC =on] "Ó, eu pago tassa daquilo ali (apontando para o poste de iluminação pública), daquilo tomém (dessa vez para os fios do poste), a gente paga um monte de tassa, minha conta vem 90 merréu, mas o que eu gasto mesmo é 15, 16 merréu, o resto tudo é tassa!" [mode SIC =off]
Melhor ouvir esses pitacos de "sabedoria popular" do que ser surdo...

3 comentários:

Du disse...

mas u quê qui ocê quiria, Zé? É tassa prá cá, tassa prá lá... ninguém guenta isso não, mânu!

Beijussssssssssssssss

Ru Correa disse...

É apenas mais um dialeto regionalístico inventado. Calma, daqui a pouco você supera!
kkkkkkkkkkkkkkkkk

Pepino Supremus disse...

Isso é coisa de "cunhado"... aeuhaeuhauhae
ninguem entendeu mais 1 vai entender...

:D